InterAffairs

Sex.04032020

Last update09:48:30 AM

Leia nesta edição:
RUS ENG FR DE PL ESP PT ZH AR

Font Size

SCREEN

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel

Por que se amotinam as gentes, e os povos imaginam coisas vãs? Salmos, Dav., 2,1 

Aintervenção da Aliança do Atlântico Norte na Líbia, bem como outras ações similares da comunidade ocidental (na Jugoslávia, Iraque, Kosovo) que puseram em dúvida os princípios e normas do direito internacional atual, antes de mais o princípio da soberania de estado, pelo que parece, ainda não recebeu avaliação jurídica devida e competente. 

Published in Tendências
terça, 16 julho 2013 13:15

Rússia e a APCE: as nossas perspectivas

A2 de Outubro do corrente ano, durante a sessão do Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (APCE) foi tomada uma resolução de monitorização em relação à Rússia. Toda a nossa delegação votou “contra” porque muitas das posições nela incluídas são para nós simplesmente inaceitáveis. 

Nos últimos anos, as relações entre a Rússia e os EUA têm-se desenvolvido sob o signo da “reinicialização”, anunciada no começo de 2009 por iniciativa do Presidente D.Medvedev, da Rússia, e Presidente B.Obama, dos EUA. 

Published in Política

Otítulo do artigo representa o lema da reunião dos Embaixadores e Representantes Permanentes da Federação da Rússia junto das organizações internacionais. Tais reuniões são tradicionalmente realizadas de dois em dois anos, tornando-se um componente da atividade político-diplomática do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) da Rússia e outras instituições, situadas no estrangeiro. O seu objetivo consiste em executar uma análise complexa da situação internacional e estabelecer tarefas da diplomacia russa em diversos campos. 

Published in Política
quarta, 10 julho 2013 14:41

Défice de “potentado”

”Actualmente o maior indicador de poder não passa pela capacidade de iniciar uma guerra, mas pela capacidade de as prevenir”. Esta é a voz do séc. XX, flagelado por confl itos e guerras sangrentas, e pertence à escritora norte-americana Ann O’Hare McCormick, que sobreviveu a duas Guerras Mundiais e faleceu em 1954. Porém, rapidamente o poder passou a ser medido não só pela incrível capacidade de aniquilação mútua, mas também pela quantidade de guerras regionais que o país conseguia enfrentar em diferentes pontos do mundo ao mesmo tempo. Máximas desta natureza passavam de doutrina militar em doutrina militar. Este critério manteve-se depois do final da guerra-fria e até aos dias de hoje. 

В интервью американскому журналу Foreign Policy глава МИД РФ Сергей Лавров рассказал о своих взглядах на будущее отношений между Москвой и Вашингтоном и роль России на международной арене.

По словам министра, в сотрудничестве США и России уже сейчас есть «много позитивного», но «отношения между такими большими странами не могут быть безоблачными».