InterAffairs

Sáb.07212018

Last update09:48:30 AM

Leia nesta edição:
RUS ENG FR DE PL ESP PT ZH AR

Font Size

SCREEN

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel
terça, 28 novembro 2017 16:37

jornal “Diário de Notícias” (Brasil), jornal “Folha de São Paulo” (Brasil), jornal “Diário de Notícias” (Portugal), jornal “Jornal de Notícias” (Portugal), jornal “Jornal de Angola” (Angola)

jornal “Diário de Notícias” (Brasil), 26.11.2017

 

Casa Branca condena decisão do Paquistão de libertar militante

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/11/2017 18:47:00

A Casa Branca disse neste domingo que a decisão do Paquistão de libertar um militante procurado pelos Estados Unidos é "um passo na direção errada" e que a recusa do país em prendê-lo novamente vai prejudicar as relações bilaterais e manchar a reputação do país junto à comunidade internacional. Em comunicado divulgado neste sábado, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse que os EUA "condenam veementemente" a soltura de Hafiz Saeed, que estava em prisão domiciliar.

"A soltura de Saeed, após o Paquistão não indiciá-lo, envia uma mensagem preocupante sobre o comprometimento do Paquistão com o combate ao terrorismo internacional, e desmente a declaração do país de que não vai oferecer refúgio a terroristas", disse a porta-voz. "Se o Paquistão não agir para prender Saeed e indiciá-lo por seus crimes, isso terá repercussões nas relações bilaterais e na reputação global do país."

Saeed é o suposto fundador de um grupo ligado a um ataque em Mumbai, na Índia, em 2008, que deixou 168 mortos. Ele foi classificado como terrorista pelo Departamento de Justiça dos EUA e o país oferece uma recompensa de US$ 10 milhões por informações que levem à sua captura e condenação.

Ele foi solto na sexta-feira de madrugada, após um grupo de três juízes no Paquistão decidir encerrar sua detenção na cidade de Lahore, no leste do país. A decisão irritou autoridades norte-americanas e indianas. O porta-voz de Saeed, Yahya Mujahid, disse que a decisão foi uma "vitória da verdade".

Saeed comandava a organização Jamaat-ud-Dawa, que muitos acreditam ser uma fachada para o grupo militante Lashkar-e-Taiba. Segundo a Índia, o grupo está por trás do ataque em Mumbai. O Paquistão vem prendendo e libertando Saeed desde então.

O governo do presidente Donald Trump vem aumentando a pressão para que o Paquistão combata extremistas e os expulse de seus esconderijos em território paquistanês. O ministro de Relações Exteriores do país, Khawaja Asif, disse durante uma visita a Washington em outubro que o Paquistão está disposto a cooperar totalmente com o governo do presidente Trump. Em agosto, os EUA disseram que iriam reter US$ 225 milhões em ajuda militar para o Paquistão até que o país começasse a agir contra grupos extremistas que ameaçam o vizinho Afeganistão. Fonte: Associated Press.

Putin assina lei que tem como alvo veículos de mídia estrangeiros

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 25/11/2017 19:34:00

O presidente russo, Vladimir Putin, sancionou neste sábado uma lei que permite que a Rússia registre veículos internacionais de mídia que atuam no país como "agentes estrangeiros". A medida é uma retaliação à decisão do governo dos Estados Unidos de fazer o mesmo com uma TV estatal russa. A rede RT, financiada pelo Kremlin, foi registrada junto ao Departamento de Justiça dos EUA como um agente estrangeiro, após pressão de Washington.

Na semana passada, antes mesmo de o projeto de lei ser aprovado pela Câmara Alta do parlamento russo, o Ministério da Justiça da Rússia advertiu os serviços de radiodifusão Voice of America, dos EUA, e Radio Free Europe/Radio Liberty que eles poderiam ser classificados como agentes estrangeiros. Fonte: Associated Pre

Emmerson Mnangagwa assume como presidente provisório do Zimbábue

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 24/11/2017 12:21:28

O ex-vice-presidente Emmerson Mnangagwa assumiu nesta sexta-feira (24) o cargo de presidente provisório do Zimbábue. Ele substitui Robert Mugabe, que renunciou terça-feira (21) após a tomada do controle do país por parte dos militares. A informação é da Agência EFE. A posse ocorreu em cerimônia em um estádio da capital, Harare.Em meio a aplausos do público, Mnangagwa prometeu que servirá ao país e à sua Constituição, que vai estimular o que servir para ajudar o Zimbábue a avançar e que lutará contra o que possa prejudicar o país.

"Protegerei e promoverei os direitos do povo do Zimbábue, cumprirei meus deveres com toda a minha força e com minhas melhores capacidades", acrescentou.

Em seguida, os altos comandantes das forças de segurança do Estado lhe juraram lealdade.

Alguns deles foram vaiados, como o chefe da polícia, corporação acusada de estar vinculada aos aliados políticos de Grace Mugabe. Sua ambição para chegar ao poder é considerada a principal causa da crise que levou à renúncia do seu marido após 37 anos de governo.

A cerimônia contou com a presença de representantes estrangeiros, como o ministro de Telecomunicações da África do Sul e o presidente de Botsuana, Ian Khama. Participaram também enviados de outros países da região, como a Zâmbia e a Namíbia.

Quem não compareceu foi Robert Mugabe. Ele tinha informado ontem (23) que seria representado pelo secretário de Imprensa, George Charamba.

"Ele garantiu à família presidencial não só sua segurança e bem-estar, mas a preservação da lei e da ordem no país. Ambos concordaram que o ex-presidente precisa de tempo para descansar após os agitados eventos pelos quais passou nesta semana e meia e poderia não presenciar a posse. Mesmo assim, manifestou ao futuro presidente seu apoio", disse Charamba.

jornal “Jornal do Brasil” (Brasil), 26.11.2017

Irã vai aumentar alcance de mísseis caso 'Europa se torne uma ameaça'

Um alto militar iraniano assegurou que "os EUA, a União Europeia e o regime sionista estão dispostos a desarmar" o Irã. O general de brigada Hossein Salami, a segunda figura no comando do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, afirmou que Teerã aumentará o alcance de seus mísseis "caso a Europa se converta em uma ameaça", comunica a agência Fars News.

"Até agora temos sentido que a Europa não é uma ameaça, por isso não aumentamos o alcance dos nossos mísseis. Mas, se a Europa quiser se converter em uma ameaça, aumentaremos o alcance", explicou o militar neste sábado (25).

Ao mesmo tempo, Salami advertiu que "tanto os EUA como a União Europeia e o regime sionista estão dispostos a desarmar-nos" e especificou:

"Se temos mantido o alcance dos nossos mísseis no nível de 2 mil km, não é porque carecemos de tecnologia: estamos seguindo uma doutrina estratégica."

A ameaça iraniana contra a Europa produziu uma resposta por parte do presidente francês, Emmanuel Macron, que no início desse mês propôs ementar o acordo nuclear com o Irã para incluir o desenvolvimento de mísseis balísticos.

Ninguém exceto EUA precisa temer nossas armas nucleares, diz alto funcionário da Coreia do Norte

Ri Jong-hyok, alto funcionário da Coreia do Norte afirmou que o programa de armas nucleares do seu país tem como alvo apenas os EUA e que o resto do mundo não tem que se sentir preocupado.

Ri Jong-hyok, alto funcionário da Coreia do Norte afirmou que o programa de armas nucleares do seu país tem como alvo apenas os EUA e que o resto do mundo não tem que se sentir preocupado.

"A realidade de hoje mostra que a obtenção de armas nucleares destrói a ambição dos EUA de assegurar a sua supremacia na região da Ásia-Pacífico, garante a paz e a segurança na península coreana e na região," declarou Ri Jong-hyok, deputado da Assembleia Popular Suprema e diretor do Instituto para a Reunificação.

A declaração foi feita durante um discurso no âmbito da visita à Turquia, informa a agência sul-coreana Yonhap.

"Foi uma decisão do povo coreano que o país deve enfrentar os EUA apenas com armas nucleares para atingir o equilíbrio de poder", continuou.

"Nossa dissuasão nuclear é uma espada de justiça, que visa combater as armas nucleares nos EUA e na Ásia e qualquer outro país do mundo não precisa de se preocupar com nossas ameaças", adicionou Ri Jong-hyok, sublinhando que a Coreia do Norte continuará combatendo o que ele chamou de "esquema norte-americano de guerra nuclear e campanha de sanções".

 

Carro atropela pedestres na Alemanha, deixando ao menos seis feridos

 

Várias pessoas foram feridas quando um homem bêbado, de 29 anos, atropelou um grupo de pedestres na cidade alemã de Cuxhaven, na Baixa Saxônia, neste domingo (26).

De acordo com os relatos do portal on-line Cuxhavener Nachrichten, o incidente ocorreu de madrugada, em frente de uma boate, sendo que o homem foi detido por testemunhas.

A Polícia e os bombeiros vieram logo ao local. De acordo com o comissário-chefe Peter Oprowski, no total, foram feridas seis pessoas, uma delas com gravidade. Todas foram levadas aos hospitais mais próximos.

Segundo comunica o RTL, o motorista de 29 anos estava embriagado.

Por enquanto, os policiais investigam se o motorista efetuou o atropelamento deliberadamente ou acidentalmente, dado que a Polícia não qualificou o incidente como relacionado com terrorismo e, ademais, apelou para que não fossem divulgados tais boatos.

Ultimamente, a Alemanha, bem como outros países europeus, tem sofrido vários ataques terroristas envolvendo atropelamentos, inclusive em Nice, Berlim e Barcelona.

jornal “Diário de Notícias” (Portugal), 26.11.2017

 

Pelo menos 11 mortos e 20 feridos em acidente de autocarro no sul do Chile

PUB

Condutor perdeu controlo do veículo e o autocarro acabou por capotar

Pelo menos 11 pessoas morreram e 20 outras ficaram feridas este sábado na sequência de um acidente envolvendo um autocarro ocorrido na região de La Araucanía, no sul da Chile, informaram as autoridades.

O acidente ocorreu por volta das 18:00 (22:00 em Lisboa) na estrada que liga as localidades de Victoria e Curacautín, a cerca de 600 quilómetros da capital do Chile, Santiago.

Os feridos, incluindo vários em estado grave, foram transportados para hospitais de localidades próximas.

Segundo as autoridades, por razões que ainda se desconhecem, o condutor perdeu o controlo do veículo numa curva e o autocarro acabou por capotar.

O autocarro prestava um serviço especial ao município de Tirúa, transportando um grupo de 45 pessoas, formado por funcionários e por idosos, para um passeio à localidade de Lonquimay, na Cordilheira dos Andes.

O sinistro ocorreu na viagem de regresso do grupo de funcionários do Departamento de Saúde e de idosos que se deslocaram a Lonquimay no âmbito de uma ação de intercâmbio cultural, explicou o autarca de Tirúa, Adolfo Millabur, em declarações à Televisão Nacional (TVN) a partir do local onde ocorreu o acidente.

A Presidente do Chile, Michelle Bachelet, transmitiu as suas condolências às famílias das vítimas e aos habitantes de Tirúa na sequência do trágico acidente.

"Lamentável notícia o capotamento do autocarro em Victoria. Os meus mais profundos pêsames às famílias das vítimas", escreveu na rede social Twitter, deixando ainda uma mensagem de solidariedade para com a comunidade de Tirúa.

Pelo menos dois mortos e 30 feridos em explosão em fábrica na China

Explosão fez colapsar os edifícios nas imediações. Autoridades investigam causas do acidente

Pelo menos duas pessoas morreram e 30 ficaram feridas hoje na sequência de uma forte explosão ocorrida numa fábrica na zona industrial da cidade de Ningbo, na província de Zhejiang, no leste da China, informaram os 'media'.

Diversas equipas de resgate e inúmeras ambulâncias foram destacadas para o local do acidente para prestar assistência às vítimas, havendo entre os cerca de 30 feridos pelo menos dois em estado grave, informou a cadeia de televisão chinesa CGTN.

Segundo a agência de notícias Xinhua, a explosão, que ocorreu pelas 09:00 (01:00 em Lisboa), provocou o colapso de edifícios adjacentes à fábrica.

Vários trabalhadores de limpeza encontravam-se no interior da unidade, localizada numa zona industrial, aquando da explosão, de acordo com testemunhas.

As autoridades estão a investigar as causas do acidente.

Bailey tinha 16 anos quando o pai morreu. Aos 21, recebeu as últimas flores que ele enviou

PUB

Pai de Bailey Sellers garantiu, antes de morrer, que a filha iria receber flores no dia de aniversário nos cinco anos seguintes

Bailey Sellers tinha apenas 16 anos quando o pai morreu, vítima de cancro. Mas, desde então, todos os anos no dia de aniversário a jovem recebia um ramo de flores do progenitor, que antes de morrer quis fazer uma última surpresa à filha e pagou para que lhe fossem enviadas flores nos cinco anos seguintes.

O último bouquet chegou há poucos dias, no 21º aniversário de Bailey, que quis partilhar com os amigos no Twitter o derradeiro presente do pai. As flores chegaram com um cartão, onde ele escreveu: "Continuarei a estar contigo a cada etapa, basta olhares em volta e eu estarei lá".

A jovem, que é de Knoxville, nos EUA, explicou no Twitter o que o pai tinha feito, partilhando com os seguidores as fotografias do ramo de flores, do cartão e ainda uma foto antiga, na praia com o pai. A publicação rapidamente se tornou viral.

jornal “Jornal de Notícias” (Portugal), 26.11.2017

Drone mata sete membros da Al-Qaeda

Sete presumíveis membros da organização terrorista Al-Qaeda foram mortos, na madrugada deste domingo, num ataque com drone no sul do Iémen.

Os alegados extremistas iam a bordo de três veículos que seguiam da província de Chabwa (sul) com destino à de Baïda (centro), detalhou um responsável dos serviços de segurança.

Os supostos membros da rede terrorista Al-Qaida foram atingidos por um "drone provavelmente norte-americano por volta da meia-noite e foram todos mortos", disse a mesma fonte sob a condição de anonimato citada pela agência de notícias francesa AFP.

Os Estados Unidos são os únicos que operam drones (aviões não tripulados) no Iémen e visam, com regularidade, a Al-Qaida na península arábica (Aqpa), que Washington considera como o mais perigoso braço daquela rede extremista.

A Aqpa reforçou a sua influência no Iémen beneficiando do caos provocado pela guerra civil que estalou no país há mais de dois anos e que opõe rebeldes xiitas às forças pró-governamentais apoiadas pela Arábia Saudita.

O autoproclamado Estado Islâmico (EI) também aproveitou a atual instabilidade política e de segurança para perpetrar uma série de atentados no Iémen, onde mais de 8700 pessoas morreram desde o início do conflito em 2015.

No mês passado, dezenas de presumíveis membros daquele grupo extremista foram mortos em dois ataques distintos com drones na mesma província (Baïda), segundo os serviços de segurança iemenitas e o exército norte-americano.

Discoteca desaba e causa 22 feridos

Pelo menos 22 pessoas ficaram feridas, na sequência do desabamento do chão de uma discoteca no sul de Tenerife, nas Ilhas Canárias, Espanha, na madrugada deste domingo.

O acidente aconteceu pelas 2.30 horas locais, na discoteca "Butterfly", um clube LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) de um centro comercial em Las Verónicas, no município espanhol de Adeje. O chão do estabelecimento noturno cedeu, tendo as pessoas presentes no local caído para o piso de baixo.

Os feridos, de diferentes idades e nacionalidades, foram transportados ao hospital com várias fraturas ósseas nas pernas, pés e costas, contusões ligeiras, e, em dois casos, traumatismos graves.

Nas operações de socorro, estiveram os bombeiros de Tenerife e pessoal do Serviço de Urgências das Canárias, dos Centros de Saúde de Adeje e Cristianos e do Hospital do sul da ilha.

hão da discoteca deverá começar a ser reparado neste domingo.

Começaram a circular, entretanto, na Internet, vários vídeos gravados no local do acidente.

Um homem foi operado, na Índia, depois de os médicos terem detetado a presença de centenas de moedas, agulhas e outros artigos metálicos no estômago do doente.

Maksud Khan, de 35 anos, deu entrada no hospital Sanjay Gandhi, em Satna (Madhya Pradesh), queixando-se de dores abdominais fortes, que duravam há três meses.

"O paciente reclamava de dor no estômago, por isso pensámos em fazer uma endoscopia", explicou o chefe da equipa cirúrgica, Priyank Sharma, acrescentando ter ficado "chocado" com o que encontrou. "Foi o primeiro caso semelhante em toda a minha carreira", afirmou.

Os médicos vieram a detetar que o doente tinha ingerido centenas de moedas (263) e agulhas (100), dezenas de lâminas de barbear, estilhaços de vidro e um pedaço de ferro de 15 centímetros. Precisamente sete quilos de metal, escreve o "The Independent", este domingo.

Segundo o jornal britânico, Khan, que ingeria as moedas que recebia como motorista, terá uma saúde mental "instável" e terá passado por uma depressão recentemente.

De acordo com outro médico que participou na operação, a intervenção foi feita "mesmo a tempo, uma vez que algumas das agulhas estavam a causar sangramento, provocando a perda de hemoglobina", explicou, acrescentando que Maksud Khan se encontra agora livre de perigo.

jornal “Jornal de Angola” (Angola), 26.11.2017

Fidel morreu há um ano

26 de Novembro, 2017

O mundo despediu-se há um ano de Fidel Castro, o carismático líder cubano que deixou um legado que ficou para a história, onde se encontram traços como libertador, Estadista e humanista.

Fidel Castro deixou um legado impressionante 
Fotografia: AFP |

Fidel Castro auto-afastou-se do poder, para recuperar de uma doença, tendo se dedicado nos seus últimos dez anos de vida a escrever sobre assuntos políticos de carácter internacional, onde fez vários pronunciamentos sobre a ordem mundial, o desempenho das Nações Unidas e a postura dos Estados Unidos na política internacional, em particular à relação com Cuba.
O líder cubano, Fidel Castro ou ‘El comandante’, que morreu no dia 25 de Novembro de 2016, é um ícone da política mundial do século XX. O nome incontornável foi o ‘herói’ da revolução cubana em 1959, ficou associado à Guerra Fria com a crise dos mísseis de Cuba, em 1962 e, embora para muitos a sua influência ainda se fizesse sentir, para outros aquele já não era o seu tempo. Fidel era e será amado por muitos cubanos, como o era e será odiado por tantos outros. Dividiu opiniões e ideologias, mas também exerceu o seu poder mobilizador em torno de ideais na ilha que comandava. Liderou Cuba entre 1959 e 2008, esteve no poder durante 49 anos. Foi primeiro-ministro durante 17 anos, até 1976, ano em que se tornou Presidente.

Sobe número de mortos em ataque contra mesquita

26 de Novembro, 2017

O ataque de sexta-feira contra uma mesquita no Sinai egípcio causou 305 mortos, incluindo 27 crianças, refere um novo balanço das autoridades egípcias através de um comunicado lido na televisão estatal e citado pela agência France Press.

O balanço anterior fornecido sexta-feira à tarde era de 235 mortos e 109 feridos.
O balanço de vítimas foi actualizado no sábado pelo procurador-geral num comunicado transmitido pela televisão estatal, que indicou a morte de 27 crianças.

В России создана специальная научная комиссия, которая займётся проверкой многочисленных сообщений об утечке радиоактивного вещества на Южном Урале.

Comissão investiga poluição radioactiva

26 de Novembro, 2017

Uma comissão científica russa vai investigar relatos de poluição radioactiva quase 1.000 vezes acima dos níveis normais no Sul dos Urais, informou ontem a companhia nuclear estatal Rosatom.

A medida chega depois de as autoridades terem negado um possível acidente nuclear nas suas instalações nucleares. “Cientistas nucleares criaram uma comissão para descobrir a origem do rutênio-106”, afirmou a Rosatom um comunicado, também divulgado pelo Instituto de Segurança Nuclear do país.
A comissão contará com representantes de organizações científicas russas e europeias, de acordo com o comunicado. “A Rosatom oferecerá toda a assistência necessária a esta comissão e vai informar o público sobre os resultados”, informou.
Na segunda-feira, meteorologistas russos disseram que uma estação perto da instalação nuclear de Mayak, na região de Chelyabinsk, detectou uma “poluição extremamente alta” do isótopo de rutênio-106 durante testes no final de Setembro”.
O isótopo radioactivo é criado com a divisão de átomos num reactor e não ocorre naturalmente. A Rosatom comentou anteriormente que não houve incidentes nas instalações da infra-estrutura nuclear da Rússia e que a concentração detectada representava uma ameaça pequena.
A agência de regulação de produtos agrícolas Rosselkhoznadzor negou uma “possível contaminação radioactiva de terras na área”.
Localizada no Sul dos Urais, a instalação de Mayak obedeceu a um processo profundo e cuidadoso, para que não resultasse dali qualquer contaminação, algo que as autoridades dizem agora que “não tem nada a ver com as suas actividades”. A instalação, que reprocessa combustível nuclear, garantiu que não produz Ru-106 há anos. Mayak foi o local de um dos maiores desastres.

Equipas de técnicos mantêm as buscas

26 de Novembro, 2017

A operação de busca pelo submarino argentino que provavelmente explodiu no Atlântico Sul com 44 tripulantes a bordo continuou ontem com a mesma intensidade, na expectativa de localizá-lo no fundo do oceano graças à chegada de sofisticados equipamentos russos.

 

“A busca não tem prazo de conclusão e continuará dia e noite com a ajuda de 13 países”, declarou o porta-voz da Armada Argentina, o capitão Enrique Balbi.
A notícia sobre a explosão ocorrida no “ARA San Juan” entre Ushuaia (extremo sul) e Mar del Plata (400 km ao sul de Buenos Aires), três horas após o último contacto com a base, desesperou as famílias dos tripulantes.
Muitos dão como certa a morte de todos a bordo, enquanto outros permanecem esperançosos e aguardam novidades na base naval de Mar del Plata.
Apesar das últimas notícias desalentadoras, a operação de “busca e resgate” não diminuiu e ganhou novo impulso com a chegada do avião militar russo Antonov a Comodoro Rivadavia, 1.750 quilómetros ao sul de Buenos Aires, na sexta-feira.

Read 184 times