InterAffairs

Sex.12152017

Last update09:48:30 AM

Leia nesta edição:
RUS ENG FR DE PL ESP PT ZH AR

Font Size

SCREEN

Profile

Layout

Menu Style

Cpanel
sexta, 31 março 2017 23:13

jornal “Diário de Notícias” (Brasil), jornal “Folha de São Paulo” (Brasil), jornal “Diário de Notícias” (Portugal), jornal “Jornal de Notícias” (Portugal), jornal “Jornal de Angola” (Angola)

jornal “Diário de Notícias” (Brasil), 30.03.2017

 

Suprema Corte da Venezuela assume as funções da Assembleia Nacional

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 30/03/2017 14:22:00

A Suprema Corte da Venezuela anunciou na noite de ontem que assumiu todos os poderes do Congresso do país, de maioria oposicionista, gerando críticas por parte de advogados e ativistas políticos.

"A decisão significa um ponto sem volta para a ditadura", afirmou em comunicado o vice-presidente da Assembleia Nacional, Freddy Guevara.

A Suprema Corte, composta por aliados do presidente Nicolás Maduro, afirmou em uma decisão que o Congresso desacatou a Justiça ao receber três parlamentares do Estado do Amazona que foram acusados de fraude eleitoral. No comunicado, o Judiciário afirmou que tomou posse de todas as "capacidades parlamentares" até que o conflito seja resolvido.

A decisão retira do Congresso venezuelano seus últimos poderes, efetivamente dissolvendo-o, afirmou Rocio San Miguel, advogado de direitos humanos da entidade Citizens' Control.

A decisão chega um dia após a Organização de Estados Americanos (OEA) criticar a Venezuela por adiar eleições e manter presos políticos. O órgão votou por buscar uma solução diplomática para a crise econômica e política do país, que se aprofunda. Maduro, por sua vez, acusa a OEA de planejar um golpe contra seu governo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ex-presidente da Coreia do Sul participa de audiência que pode levá-la à prisão

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 30/03/2017 13:26:00

A presidente deposta da Coreia do Sul, Park Geun-hye, saiu visivelmente cansada nesta quinta-feira após uma audiência de quase nove horas com o juiz que vai decidir, talvez já amanhã, se ela deve ser presa pelas denúncias de corrupção que já a tiraram do cargo.

Park não respondeu às perguntas ao entrar na Corte para a audiência. Mesmo que o juiz recuse o pedido de prisão, os promotores ainda podem investigá-la e condená-la.

Caso o pedido de prisão seja aprovado, Park pode ficar detida por até 20 dias antes de que a sentença formal seja anunciada.

Promotores acusam Park de conluio com sua amiga para extorquir grandes empresários, receber propinas de empresas e outros crimes. As alegações levaram milhões de norte-coreanos às ruas para protestar contra a presidente, durante semanas a fio, até que a Suprema Corte decidiu tirá-la do cargo, em 10 de março. Os poderes de Park já haviam sido suspensos em dezembro, quando o Parlamento votou pelo impeachment.Fonte: Associated Press.

 

jornal “Jornal do Brasil” (Brasil), 30.03.2017

 

Em seis anos de guerra, número de refugiados sírios supera os 5 milhões

 

O número de pessoas que fugiram da guerra na Síria ultrapassou a marca de cinco milhões, informou nesta quinta-feira (30) em Genebra o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Filippo Grandi.

O número de refugiados registrados, principalmente na Turquia, Líbano, Jordânia, Iraque e Egito, chega a 5,018 milhões. Cerca de 400 mil pessoas foram mortas até agora durante a guerra, que começou há seis anos na Síria.

"Quando o número de mulheres, homens e crianças em fuga de seis anos de guerra na Síria passa da marca de 5 milhões, a comunidade internacional precisa fazer mais para ajudá-los", diz um comunicado da Acnur.

Filippo Grandi pediu à comunidade internacional mais ajuda aos refugiados, lembrando que um ano após a decisão de criar 500 mil lugares para o reassentamento de refugiados, apenas metade da meta foi cumprida.

"Se quisermos atingir os nossos objectivos, precisamos intensificar os nossos esforços em 2017", disse Grandi.

Zaatari

Na terça-feira (28), o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu à comunidade internacional que reforcem seu apoio aos refugiados sírios e aos países que os abrigam alertando que, caso contrário, a segurança global estará em risco.

Guterres, que foi chefe do Acnur de 2005 a 2015, falou com a imprensa durante uma visita ao campo de Zaatari, localizado ao Norte da Jordânia. O campo é o maior da região e, atualmente, abriga cerca de 80 mil refugiados sírios.

“Vocês podem imaginar o quanto é difícil e triste para mim, depois de trabalhar como Alto Comissário da ONU para Refugiados por dez anos, perceber que ainda hoje o campo de Zaatari tenha tantos refugiados sírios, e que os conflitos continuam acontecendo no país. Isso é terrível” disse Guterres.

*Com informações da Agência DPA e da Acnur

'The Guardian': Suspeitos de planejar ataque em Veneza foram presos

Polícia italiana detém kosovares simpatizantes do "Estado Islâmico"

Jornal do Brasil

 

Matéria publicada nesta quinta-feira (30) pelo jornal britânico The Guardian conta que a polícia italiana prendeu nesta manhã três kosovares simpatizantes da organização terrorista "Estado Islâmico" (EI), sob suspeita de operarem uma célula jihadista com planos de realizar ataques em Veneza e de viajar à Síria para se juntarem aos combatentes extremistas.

Segundo a reportagem os detidos são Fisnik Bekaj, de 24 anos, morador da província de Treviso; Dale Haziraj, de 25 anos, e Arjan Babaj, de 27 anos, ambos residentes em Veneza. Todos eles têm permissão de residência válida e trabalhavam como garçons em um restaurante da cidade. Além dos três supostos jihadistas, um menor de idade foi detido por supostamente fazer parte do grupo, que vinha sendo investigado há meses.

 

Irã reabre mercado para carne brasileira

Órgãos iranianos de controle sanitário pediram uma série de explicações ao país

Jornal do Brasil

O Brasil vai voltar a fornecer carne para o Irã. O fornecimento tinha sido suspenso, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, mas será retomado após as explicações dadas pelo governo brasileiro ao Irã. Em nota à imprensa, o Ministério da Agricultura explicou que órgãos iranianos de controle sanitário pediram uma série de explicações aos técnicos do ministério antes de reabrir o mercado para a carne brasileira. 

“Estas explicações foram encaminhadas hoje [quarta-feira] e consideradas satisfatórias pelo governo do Irã. Em seguida, o governo do Irã reabriu o mercado e voltou a importar carne brasileira”, disse o ministério na nota.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (29), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, comentou que médicos veterinários do Irã acompanham o processo de produção da carne exportada para o país, por conta de questões alimentares relacionadas aos muçulmanos. Ele alegou ainda que o não teria ocorrido uma suspensão oficial por parte do Irã, como fizeram outros países, mas, sim, uma paralisação da produção de frigoríficos. 

“Tecnicamente, estávamos fora do mercado deles. As conversas que tivemos foi no sentido de esclarecer os problemas para que o mercado volte a funcionar a partir do recebimento da nossa comunicação oficial”, justificou Maggi.

Da 'Agência Brasil'

 

jornal “Diário de Notícias” (Portugal), 30.03.2017

 

Portugal fecha as fronteiras para visita do Papa

PUB

Entre os dias 10 e 14 de maio, o controlo fronteiriço vai ser reposto

As fronteiras nacionais vão voltar a estar fechadas entre os dias 10 e 14 de maio, por ocasião da visita do papa Francisco, confirmou à agência Lusa fonte do Governo.

A decisão foi aprovada hoje em Conselho de Ministros, depois de ter sido solicitada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, segundo o Expresso.

O controlo fronteiriço entrará em vigor às 00:00 do dia 10 e terminará às 00:00 do dia 14, apesar de o Papa Francisco só estar em Portugal entre as 16:20 de dia 12 e as 15:00 do dia seguinte.

O controlo nas fronteiras será maior nos dias em que o chefe da Igreja Católica está em Portugal.

Durante o Euro 2004 e na cimeira da Nato em Lisboa, em 2010, também houve um encerramento temporário das fronteiras.

 

Ex-presidente do parlamento do Brasil condenado a 15 anos de prisão 

 

PUB

O antigo presidente da câmara baixa (parlamento) do Brasil, Eduardo Cunha, que desempenhou uma função crucial na controversa destituição da ex-Presidente Dilma Rousseff, foi hoje condenado a 15 anos de prisão por corrupção

A decisão do juiz anticorrupção Sérgio Moro foi anunciada pelo procurador de Curitiba (sul), no âmbito de um vasto inquérito sobre a rede de pagamentos ilícitos que envolvem o gigante petrolífero Petrobras.

Eduardo Cunha, membro do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), formação a que pertence o atual Presidente da República, Michel Temer, que sucedeu no final de agosto a Dilma Rousseff, foi detido em outubro de 2016.

Cunha, todo-poderoso até há poucos meses, foi suspenso a 05 de maio das suas funções pelo Supremo Tribunal Federal

Este deputado evangélico ultraconservador, de 58 anos, foi acusado de "mentir" aos seus pares, após negar possuir contas bancárias na Suíça, alimentadas por milhões de reais correspondentes a subornos pagos à margem dos contratos da Petrobras no estrangeiro, segundo indicaram os investigadores.

Personagem extremamente influente, e que federou os setores mais conservadores do parlamento, Cunha representava a "ala dura" do PMDB.

 

11

 

Malásia entrega corpo do meio-irmão de Kim Jong-un à Coreia do Norte

 

PUB

Kim Jong-nam foi morto no mês passado no aeroporto de Kuala Lumpur, com um gás letal

O primeiro-ministro da Malásia anunciou esta quinta-feira que vai libertar o corpo de Kim Jong-nan, o meio irmão de Kim Jong-un - líder do regime norte-coreano - que foi assassinado em Kuala Lumpur, para o entregar à Coreia do Norte.

O homicídio levou a uma disputa entre a Malásia e a Coreia do Norte, que parece agora ter ficado sanada: segundo Najib Razak, o primeiro-ministro malaio, os nove cidadãos naturais da Malásia que tinham sido impedidos de sair da Coreia do Norte vão poder regressar a casa, e os norte-coreanos retidos na Malásia poderão fazer o mesmo.

Num comunicado, o primeiro-ministro malaio, Najib Razak, adiantou que vão regressar ao seu país os nove cidadãos da Malásia retidos pelas autoridades norte-coreanas em Pyongyang desde o início da querela diplomática sobre a morte de Kim Jong-nam.

"(...) Após a conclusão da autópsia do morto e o recebimento de uma carta da sua família pedindo que os restos fossem devolvidos à Coreia do Norte, o médico legista aprovou a libertação do corpo", lê-se no comunicado.

A morte de Kim Jong-nam desencadeou uma disputa diplomática entre a Malásia e a Coreia do Norte.

Pyongyang contestou a afirmação das autoridades malaias de que a vítima de homicídio por envenenamento com o agente nervoso VX no aeroporto de Kuala Lumpur realizado por duas mulheres no passado dia 13 de fevereiro era o meio-irmão do líder coreano Kim Jong-nam, insistindo tratar-se do cidadão Kim Chol, cuja morte se deveria a um ataque cardíaco.

A Coreia do Norte acusou ainda as autoridades malaias de conspirarem contra o país, juntamente com a Coreia do Sul e com os Estados Unidos.

Kim Jong-nam nasceu em 1971 da relação entre o antigo líder norte-coreano Kim Jong-il e a atriz Song Hye-rim. Chegou a ser considerado como o melhor posicionado para suceder ao pai, mas caiu em desgraça em 2001, depois de ser detido no Japão com um passaporte dominicano.

Nos últimos anos viveu exilado na China e em 2012 atraiu as atenções pelas suas críticas a Pyongyang e ao sistema de sucessão do poder norte-coreano.

 

Helicóptero cai e mata cinco pessoas

PUB

Aparelho caiu numa zona de difícil acesso

Um helicóptero privado despenhou-se numa zona montanhosa do País de Gales, no Reino Unido, provocando a morte de cinco pessoas, indicaram hoje as equipas de resgate envolvidas no terreno numa operação de busca com contornos difíceis.

As autoridades encontraram os destroços do helicóptero, um aparelho modelo Twin Squirrel, de propriedade privada, numa zona do parque nacional de Snowdonia (noroeste do País de Gales). O aparelho teria como destino a capital irlandesa, Dublin.

Os trabalhos para recuperar os corpos das vítimas foram iniciados, mas a polícia local realçou que o local é "um terreno muito difícil e desafiante".

"As condições locais foram descritas como atrozes, com uma visibilidade inferior a 10 metros em alguns lugares", disse Gareth Evans, da polícia de North Wales.

"O local onde o aparelho foi localizado é remoto e, em algumas zonas, perigoso", reforçou.

O responsável policial afirmou que não serão dadas informações sobre as pessoas que estavam a bordo do helicóptero até que os corpos das vítimas sejam identificados formalmente, adiantando, no entanto, que as famílias das vítimas estão a receber apoio, nomeadamente psicológico.

Gareth Evans indicou que a investigação do acidente vai prosseguir no local e pediu às pessoas para não visitarem a zona, um conhecido ponto turístico do País de Gales, de forma a facilitar o trabalho das autoridades.

O modelo Twin Squirrel é um helicóptero dotado de dois motores conhecido pela durabilidade e pela baixa manutenção.

Lançado em meados da década de 1970, este modelo de helicóptero é usado para fins civis e militares.

Copiloto de um voo da American Airlines morreu durante a aterragem

 

PUB

Comandante declarou emergência médica a bordo quando faltavam cerca de três quilómetros para tocar na pista

O copiloto de um voo da companhia aérea norte-americana American Airlnes morreu na quarta-feira durante a aterragem em Albuquerque, no Estado do Novo México, avança a CNN.

Segundo a estação, o voo 1353, que descolara de Dallas com destino a Albuquerque, estava a pouco mais de três quilómetros da pista quando o comandante declarou uma emergência médica a abordo, explicou um porta-voz da Administração Federal de Aviação dos EUA.

A aeronave, um Boeing 737-800, acabou por aterrar sem quaisquer problemas e os serviços de emergência esperavam já a tripulação em terra. Segundo uma fonte citada pela CNN, os socorristas tentaram reanimar o copiloto, identificado como William "Mike" Grubbs, durante 40 minutos antes de declarar o óbito.

A aterragem de um Boeing pode ser feita apenas por uma pessoa de forma segura, ainda que o membro da tripulação que desempenhe todas as tarefas sozinho fique sujeito a maior stress e carga de trabalho.

Em comunicado, a American Airlines já frisou que lamenta profundamente a morte de Grubbs. Episódios como este, em que um dos membros da tripulação de um avião fica incapacitado e impedido de manejar os comandos, são extremamente raros. Mas, em 2015, um comandante da American Airlines de 57 anos morreu também durante um voo, entre Phoenix e Boston. O avião acabou por ser desviado para Nova Iorque. 

635

 

jornalJornaldeNotícias” (Portugal), 30.03.2017

 

Turquia e EUA vão reforçar cooperação contra o terrorismo

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou, esta quinta-feira, após um encontro com o chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Rex Tillerson, que os dois países "vão reforçar a colaboração", especialmente no combate ao terrorismo.

Tillerson chegou, esta quinta-feira, de madrugada a Ancara, tendo-se reunido com o primeiro-ministro, Binali Yildrim, com Erdogan, e com o homólogo, Mevlut Cavusoglu.

Segundo a televisão turca NTV, que citou fontes da presidência, Erdogan sublinhou na reunião com Tillerson "a determinação" da Turquia a continuar a luta antiterrorista e a importância de o fazer com "os protagonistas corretos e legais".

A expressão é uma aparente referência à Síria, onde os Estados Unidos apoiam as milícias curdas Unidade de Proteção Popular (YPG), uma organização que a Turquia considera terrorista.

A questão dificulta a cooperação entre Washington e Ancara, aliados na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

 

Astronautas perdem peça da estação espacial numa saída orbital

Astronautas perderam, esta quinta-feira, uma peça de um revestimento térmico para a Estação Espacial Internacional, informou a agência espacial norte-americana NASA, afastando o risco de colisão da peça com a estação.

A astronauta norte-americana Peggy Whitson, que realizou o passeio espacial com Shane Kimbrough, comunicou imediatamente o incidente à equipa de controlo da missão, que acompanhou a trajetória da peça à medida que se afastava da estação.

A NASA assegurou que não existe qualquer risco de a estação ser atingida pela peça.

O revestimento térmico protege a Estação Espacial Internacional de detritos de micrometeoritos.

A peça que se perdeu era uma de quatro que estavam a ser montadas numa porta de ancoragem transferida no domingo por um robô para outro local.

O porta-voz da agência espacial norte-americana, Dan Huot, disse que as restantes três peças foram instaladas para cobrir os pontos mais vulneráveis.

Astronautas perdem objetos durante passeios espaciais, mas habitualmente são mais pequenos, como parafusos.

Apesar do azar que teve esta quinta-feira, Peggy Whitson, 57 anos, tornou-se na mulher que efetuou mais caminhadas espaciais, oito no total.

Historiador acredita que encontrou primeiro e único retrato de Jesus

Um investigador e estudioso da Bíblia acredita ter encontrado o primeiro retrato de Jesus Cristo. Uma figura ligeiramente diferente da pintada pela Igreja.

Um imagem, gravada numa moeda, do Rei Manu, que governou o reino de Edesa, na Mesopotâmia, pode ser o primeiro, e único, retrato de Jesus Cristo.

O investigador e historiador bíblico Ralph Ellis acredita ter dados que comprovam que o Rei Manu e Jesus Cristo são a mesma pessoa.

Assim, a efígie da moeda, que mostra um homem de barba e coroa de espinhos, é na verdade de Jesus Cristo.

Ellis, que há muitos anos estuda a Bíblia e procura encontrar uma relação entre factos históricos e personagens bíblicas, fala em "semelhanças surpreendentes" entre Jesus Cristo e Manu.

Como Ellis, muitos historiadores acreditam que Jesus de Nazaré existiu mesmo e que foi crucificado por Pôncio Pilatos, algures no Século I. Na mesma altura em que vivei Manu e foi cunhada a moeda agora descoberta.

Segundo relatos da época, tanto Jesus como Manu são descritos como judeus nazarenos, vistos como uma ameaça aos romanos, que dominavam a região.

Jesus Cristo foi o único dos condenados a ser crucificado com uma coroa de espinhos, um símbolo tradicional dos monarcas de Edesa usavam uma coroa de espinhos, como se pode ver nas moedas.

 

Matou mulher e os três filhos e baleou a sogra

A Polícia brasileira procura um homem suspeito de matar a mulher e os seus três filhos e ferir a sogra a tiro.

Os crimes aconteceram na noite de terça-feira, em Petrópolis, no Brasil, na casa da família.

Antes de se colocar em fuga, o suspeito, Jorge Evangelista (conhecido como "Preto filho do Tinin"), ainda ateou fogo à habitação.

Um menino de 8 anos e duas meninas de 10 e 13 anos morreram, juntamente com a mãe. A avó das crianças, com 55 anos, foi levada para o hospital, não sendo conhecida a gravidade dos ferimentos.

Os bombeiros deslocaram-se ao local devido a um alerta de incêndio e só depois encontraram os corpos.

 

Corpo de homem retirado de dentro de cobra de sete metros

Um homem que estava desaparecido desde domingo na Indonésia foi encontrado sem vida dentro de uma cobra píton, com sete metros de comprimento.

Segundo a "BBC", Akbar foi visto pela última vez quando foi colher óleo de palma no domingo, em Sulawesi, na ilha Celebes, Indonésia. Os vizinhos alertaram as autoridades do seu desaparecimento e pouco tempo depois, perto da plantação, encontraram uma cobra de sete metros numa vala.

A forma do réptil levantou suspeitas, mas foi só quando os vizinhos decidiram abrir o animal que se confirmou a morte do homem de 25 anos. "Desconfiavam que Akbar pudesse estar dentro da cobra. Quando a abriram, ele estava lá dentro", confirmou o porta-voz da polícia de Sulawesi. O momento da descoberta do corpo ficou registado em vídeo.

A pitón-reticulada está entre as espécies de cobras mais longas do mundo. Para caçar sufoca as suas presas antes de as engolir por inteiro mas é raro comerem humanos. jornal “Jornal de Angola” (Angola), 30.03.2017

 

Governo britânico dá início à retirada da União Europeia

Altino Matos |
30 de Março, 2017

O Reino Unido começou oficialmente a caminhada para estabelecer a nova atmosfera política, inspirada no seu tradicional padrão, de onde Londres acredita estar em melhores condições para dar vida às suas ambições e enfrentar os desafios actuais,

mas os britânicos estão divididos entre o receio e o orgulho nacional com a saída da União Europeia (UE), conhecido como “Brexit”. A primeira-ministra, Theresa May, pediu aos britânicos para elevarem o ego e acreditarem que, apesar dos receios, as coisas vão, a seu tempo, mostrar - se mais fáceis, porque “o Governo vai avançar mais rapidamente nas decisões, ao invés de aguardar por orientações comuns e, muitas vezes, sujeitas ao centralismo europeu”. “Somos uma grande união de pessoas e nações com uma história orgulhosa e um futuro brilhante. E agora que a decisão foi tomada de deixar a União Europeia, é hora de nos unirmos, como nos velhos tempos”, disse Theresa May. 
Os corredores entre Londres e Bruxelas registaram ontem um tráfego frenético, com  vários contactos para atenuar os ânimos e preparar tecnicamente o ambiente para a entrega formal da carta de saída e dar início à contagem regressiva para o chamado “divórcio” britânico, que vai ser concretizado no dia 29 de Março de 2019. Avisada das contingências da saída, a primeira-ministra Theresa May tomou, por precaução, medidas preventivas para afastar imprecisões e obstáculos do processo de saída da UE. A imprensa britânica noticiou que a chefe do Governo reuniu os seus pares, antes de informar o Parlamento sobre a activação do “Brexit”, para que todos actuem a uma só voz. A chefe do Governo preparou ponto por ponto com os ministros o conteúdo da carta oficial endereçada ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk. Ao embaixador britânico na UE, Tim Barrow, coube a missão de fazer chegar a carta assinada pelo punho de Theresa May, e comunica inequivocamente que “o Reino Unido activa o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que estabelece o início das negociações sobre a saída de um país comunitário”.
Theresa May foi à sessão semanal de perguntas e respostas do Parlamento e depois proferiu uma declaração ao país onde informou que foi activado o artigo 50. 
O Reino Unido entrou numa nova era, sem “união” e dentro de uma Europa assombrada pelo fantasma da injustiça e do egoísmo. O Governo britânico divulgou uma foto que mostra a primeira-ministra a assinar a carta na sua residência com uma bandeira britânica ao lado. Theresa May destaca, segundo a imprensa inglesa, a promessa de representar “cada pessoa do Reino Unido”, incluídos os cidadãos comunitários, durante os dois anos que vão durar as negociações com Bruxelas. “É minha firme decisão de começar o acordo adequado para cada pessoa neste país. Enquanto enfrentamos as oportunidades que temos pela frente neste caminho transcendental, os nossos valores compartilhados, interesses e ambições podem e devem unir-nos”, ressalta a primeira-ministra britânica. O Reino Unido começou a preparar o “Brexit” com contactos além Europa, centrados em mercados mais actuantes e com perspectivas económicas e financeiras mais justas, localizados na Europa do Leste, no Oriente e em África. 
Analistas de institutos ingleses são de opinião que o Governo britânico estudou a reacção negativa da UE e preparou dossiês que permitem ao Reino Unido contornar as medidas de retaliação ou de contenção.    

Contrariedades

A União Europeia (UE) está a fazer de tudo para que a saída do Reino Unido não inspire outros Estados-membros e orientou os principais organismos a tomarem medidas duras que dificultem, ao máximo, a Inglaterra, para mostrar que as coisas nunca vão ser fáceis para quem deixa o espaço comunitário. A Comissão Europeia (CE) vetou ontem a fusão entre o grupo London Stock Exchange (LSE), gerente da Bolsa de Londres, e o alemão Deutsche Borse, gerente do pregão de Frankfurt, anunciou o executivo da CE.  “A investigação da Comissão concluiu que a fusão havia de criar um monopólio ‘de facto’ nos mercados de compensação de instrumentos de renda fixa”, segundo instrutivo da Comissão Europeia.
O bloqueio de Bruxelas chega depois da LSE rejeitar a venda da sua participação de controlo na plataforma de negociação italiana MTS, um requisito exigido pela Comissão para dar sinal verde à operação, avaliada em 29 milhões de euros.  
Outras medidas estão a ser tomadas nos sectores comercial, de serviços e da saúde, onde informações dispersas provocam atitudes menos simpáticas dos cidadãos europeus dentro e fora da Inglaterra. 
 Segundo dados de agências de acompanhamento dos movimentos migratórios no espaço da UR, pelo menos 24.000 vagas para enfermeiros, nos hospitais britânicos estão no limite, e o “Brexit” pode complicar ainda mais o seu funcionamento se, como parece estar a ocorrer, os funcionários europeus virarem às costas ao país. 
“Antes muitos técnicos queriam vir trabalhar aqui e agora vão para outros lugares, como a França”,  explica a agência à AFP.

 

Passageiros ilesos de acidente aéreo


30 de Março, 2017

Um avião da Peruvian Airlines com 141 passageiros a bordo incendiou-se na terça-feira ao aterrar no aeroporto de Jauja, situado nos Andes peruanos, sem causar vítimas, informou a companhia aérea em comunicado.

A Peruvian Airlines explicou que o avião virou para a direita ao aterrar por volta das 16h30 (23h30 em Angola), o que fez com que saísse da pista, mas “graças à perícia do piloto evitou-se um acidente maior”. Todos os passageiros conseguiram sair do avião antes de as chamas se propagarem pela fuselagem, disse à estação de televisão Canal N uma das passageiras, identificada como Jessica Núñez.

Read 104 times